Falacao
Os gatos e a depressão
21/05/2009 17:26:44

Saiba o que pode provocar a depressão nos gatos e como agir para ajudar o animal a sair dessa.

Os animais domésticos também sofrem com depressão, até mesmo os peixes podem ficar deprimidos.

No caso do gato, mudanças na rotina do animal, ausência de alguém a quem o gato seja muito apegado ou perda de um companheiro são algumas das causas do estresse e conseqüente depressão do gato.

Se o animal não é castrado e não tem acesso à rua, se fica muito tempo preso dentro de casa, isto também pode deixar o bichano triste e desanimado. Já os gatos castrados se adaptam melhor e acabam se acostumando sem a rua.

Minha sugestão é propor brincadeiras que estimulem o gato a interagir mais com você. Brinque do que ele mais gosta, use também pequenos pedaços de petiscos para atrair o interesse dele. Tenha paciência e procure observar as atitudes do gato, procure descobrir algo que o anime.

Os Florais de Bach podem também ajudar a tratar a apatia e depressão. Mas lembre-se, até mesmo quando o problema é de ordem emocional, as complicações físicas podem surgir.

Quando o gato ficar sem comer por mais de 6 dias ou passar a respirar com dificuldade, é preciso levá-lo rapidamente ao veterinário. Ele deverá receber soro e energéticos, além de exames de sangue para descartar quadros infecciosos crônicos.

Fique atento aos sinais do seu bichano. Quando o proprietário observa mudanças no comportamento do animal, deve procurar descobrir as causas, sempre.

Estados depressivos podem ser percebidos à partir de pequenas mudanças de atitude do animal.




Imprima esta página

Envie para um amigo

Espaço Animal - Rua Fradique Coutinho, 1677 - Vila Madalena - São Paulo - Telefone/Fax: (11) 3034.3131 - VetMóvel: (11) 9996.1222