Falacao
COCEIRA SEM FIM
21/06/2015 04:54:36

Mais frequentes do que se imagina, alergias infernizam a vida dos pets.

Os cães podem ser alérgicos a um monte de coisas diferentes.

A lista é grande!

Ingredientes alimentares, alergênicos ambientais (pólen, poeira, mofo), insetos (pulga, barata, pernilongo), produtos químicos, plantas (gramíneas), maquiagem, drogas e muito mais...

 

Embora qualquer cão possa ter uma reação alérgica, cães idosos são mais susceptíveis do que filhotes, e determinadas raças caninas apresentam maior predisposição às doenças alérgicas.

 

Entre elas: 

 

- Beagles

- Boxers

- Bulldogs

- Cocker Spaniels

- Collies

- Dálmatas

- Golden Retrievers

- Irish Setters

- Labrador Retrievers

- Lhasa Apsos

- Poodles

- Pugs

Rottweilers

- Schnauzers

- Shih Tzus

- Terriers

 

Embora seja possível tratar os sintomas e controlar as alergias, eliminar os agentes desencadeadores é a única maneira de resolver definitivamente o problema.

 

Alívio pro dono, conforto pro pet.

 

Ao notar que seu cachorro começa a lamber-se compulsivamente, não basta associar à sua necessidade de super-higiene. É bem provável que ele esteja sofrendo de alergias. 

 

Antes que a vida do seu cão vire um inferno, saiba reconhecer os sinais.

 

 

SINTOMAS DE ALERGIA CANINA

 

- Esfregar o rosto no carpete, lamber as patas, arrancar pelos;

 

- Irritação de pele, coceira, vermelhidão, manchas marrons;

 

- Espirros, olhos lacrimejantes, secreção nasal;

 

- Erupções cutâneas, inchaços;

 

- Agitar a cabeça, coçar os ouvidos;

 

- Vômitos;

 

- Diarreia;

 

- Perda de apetite.

 

A maioria dos sintomas de alergia aparecem como uma variação de irritação da pele e coceira, mas pode haver diferenças sutis na forma como os cães reagem a vários fatores alergênicos.

 

Preste atenção aos sintomas que o seu cachorro apresenta. 

Ele vai apontar a direção certa e te ajudar a descobrir a causa do problema.

 

 

TIPOS DE ALERGIA 

 

- Alergia à pulga: a saliva da pulga induz o cão a lamber e morder compulsivamente os pés, patas, rabo e barriga; causa irritação da pele e perdas de pelos em diferentes partes do corpo.

 

- Alimentar: lamber, morder e arranhar o próprio corpo; coceira e inflamação dos ouvidos, agitar a cabeça; episódios frequentes de vômitos e diarreia.

 

- Inalantes: sintomas semelhantes aos observados nas alergias à pulgas; coceira; lambedura das patas, rabo e barriga; quedas de pelo em áreas irritadas do corpo; feridas.

 

- Tópica: os sintomas são causados por contato direto da pele com alergênicos contidos em carpetes (ácaros, mofo), pisos de madeira (ceras, removedores) ou coleiras; coceira, vermelhidão, inchaço das patas e pescoço.

 

 

TRATAMENTO E PREVENÇÃO

 

Controlar os sintomas da alergia é apenas uma parte da equação. Eliminar o “gatilho“ desencadeador da alergia (quando possível), ou reduzir ao máximo a exposição, a saída para acabar com os desconfortáveis sintomas.

 

- Banhos semanais com shampoo neutro ou sabonete Protex para retirar saliva de pulga da pele e pelos.

 

- Uso mensal de produtos repelentes (Frontline Plus, Advantage, Advocate, Confortis, NexGuard).

 

- Dieta dessensibilizante (substituir ingredientes potencialmente alergênicos).

 

- Suplementos vitamínicos, antioxidantes e estimulantes de defesa.

 

- Higiene ambiental apenas com produtos veterinários.

 

- Aspirador de pó diariamente em carpetes e estofados.

 

- Antialérgicos e antibióticos (injetáveis, orais, tópicos) nas crises severas.

 

- Imunoterapia (auto-vacina, Staphage).

 

- Novos medicamentos: inibidores da coceira (Oclacitinib); regeneradores e protetores da pele e pêlos com nanomoléculas de vitaminas A, E, F e ácidos graxos (Premium Cover, Skin Soldier); limpeza profunda e cicatrização com óleos essenciais de Melaleuca (shampoo NOXXI Control, NOXXI Sec, NOXXI Atp). 

 

 

 

 

 

 




Imprima esta página

Envie para um amigo

Espaço Animal - Rua Fradique Coutinho, 1677 - Vila Madalena - São Paulo - Telefone/Fax: (11) 3034.3131 - VetMóvel: (11) 9996.1222