Falacao
FUMANTE PASSIVO
21/05/2009 16:18:42

Fumaça de cigarro aumenta o risco de câncer em cães e gatos.

Estudos comprovam que a fumaça de cigarro prejudica também a saúde dos animais. Cães e gatos que convivem com fumantes tem 60% a mais de chance de contrair câncer linfático e câncer de pulmão. O risco é ainda maior se o cachorro tiver focinho achatado.

Cães com focinho comprido têm o dobro de possibilidade de apresentar câncer nasal, causado por substâncias cancerígenas contidas na fumaça do cigarro que ficam alojadas nos condutos nasais?

Gato de dono fumante tem três vezes mais chances de desenvolver linfoma, o tipo de câncer mais comum dos felinos, e tratamentos por quimioterapia e radiação funcionam apenas em 50% dos casos.

O risco é maior para gato que convive há mais de 5 anos com fumante ou se tem mais de um fumante na casa. Além de inalar a fumaça, ao se lamber o gato entra em contato com substâncias químicas nocivas impregnadas nos pêlos.

A inalação da fumaça de cigarro pode provocar doenças alérgicas e os cães são os mais afetados.

Nos Estados Unidos, entidades protetoras resolveram pegar pesado e querem impedir que fumantes tenham animais de estimação. Uma atitude radical que pode acabar virando lei no país.

Radicalismos à parte, fica aqui um apelo aos proprietários fumantes:

 

 

 

Evite fumar dentro de casa!

Nunca fume perto de animais!

 

A saúde dos cães e gatos agradece...

 

 




Imprima esta página

Envie para um amigo

Espaço Animal - Rua Fradique Coutinho, 1677 - Vila Madalena - São Paulo - Telefone/Fax: (11) 3034.3131 - VetMóvel: (11) 9996.1222